Reflexões


Saudações a todos meus amados irmãos e irmãs...

Quero que cada um possa refletir a respeito da Vida.

Que cada um daqueles que se julgam cingidos pela santidade da Terra e herdeiros de Atarah; possam incondicionalmente se ajoelhar e ouvir a voz de seus próprios julgamentos. Mesmo que estes sejam imputados a Minus, Acacus e Radamantus. Prima se pelo resultado e a conquista. Os métodos deverão ser encontrados por cada um e postos em prática. Mesmo que tais métodos se mostrem pequenos, A Luz é o que cada um deve buscar. A volta a Unidade de nosso Senhor Deus PAI.

“(...) quando estiveres sem nenhum recurso, deves contar com todos....” (Sun Tzu – A Arte da Guerra)

Digam-me, o que esperam quando lançaram se a iniciação?

O que acreditam que esteja reservado ao caminho dos ociosos? E digam me ainda, de que adianta uma carruagem adornada em ouro e pedras preciosas se não sabem como conduzi-la?

Lembrem-se:

“ (...) O Número é 4. A Onisciência aqui se faz necessária para consolidar tua Essência e teu Reinado. Seja o que tu pregas, pregue o que és. Nisso há um Véu e um Grande Ordálio.

Nada pode ser dito. Tudo deverá ser devidamente cumprido e conquistado. Silêncio.” ( Líber Aemeth [ 1-11] anexo L.U. da ONM).

Chegou o momento de introspecção, o momento de compreender os auspícios de Sua Natureza e guiar se rumo Unidade e a Elevação Espiritual a partir do caminho iniciático ao qual cada um se lançou a tempos atrás.

Para isso vemos – “O candidato tem que escolher decididamente entre a vida mundana e a vida do ocultismo. É inútil e vão tentar juntar as duas coisas, pois ninguém pode servir a dois senhores e satisfazer ambos.” ( Ocultismo Prático de H.P.Blavatsky)

Responsabilidade para os responsáveis, é o que diz as Sendas da Iniciação, Somente os fortes ficam em pé é o que lega esta Era do Sol Negro.

Empenhem-se portanto, em seus trabalhos, em seus atos, em seus pensamentos, sejam extremos por vezes, e intensos sempre.

Há compromisso por parte de muitos, e se todos cumprem com suas vidas religiosas, e por algum infortúnio, outros não, estes deverão ser excluídos do Divino. A Palavra se mostra assim a todos.

“O desconhecimento dessa verdade, está na base de alternância de períodos de arrebatamento imotivado por um lado e completo ócio de outro, o homem torna-se assim, escravo de suas flutuações quando deveria ser senhor delas...” ( O Ocultismo Prático)

Notadamente, todos sempre possuem justificativos plausíveis, e mesmo estas não deveriam ser expostas, uma vez que cada um destes, são tratados como Deuses que são, mas é fato incontestável, os métodos não são cumpridos por vezes, e a conquista de mais um degrau adiado a favor do quê?

O conhecimento aumenta conforme a sua utilização. Seja visto este conhecimento como um Livro ou o conhecimento de si mesmo. Que um destes, portanto, tenham realmente ocorrido frente a esta pequena carta.

E que esta, seja vista e compreendida com o mais sublime sentimento de Amor Fraternal...

Layil L.
IXº S.S. M.
Membro do Conselho Maior
Grande Loja Negra IGIGI
S. J. Rio Preto - SP



Voltar